Ziraldo
Como é a sensação de ver um livro seu no cinema, sente um certo “ciúme” dos personagens que criou?

- Acho que quanto mais seus personagens forem amados, menos ciúme se pode sentir deles. E não dou muitos palpites nas adaptações.

Sua aparição no filme é engraçada. Gosta de trabalhar como ‘ator’?

- Adoro fazer essas pontinhas nos filmes. Já fiz muitas e sempre me divirto muito.

- Acredita que o filme tenha uma responsabilidade de repetir o sucesso do livro?

- Acho que não. O público de livro é diferente do público de cinema, a possibilidade de provocar uma emoção encontra a pessoa que vai receber a “mensagem” em situações completamente diferentes.

- A Cate é inspirada numa professora real, não é?

- A Catarina é uma personagem inventada a partir de várias professoras ou professores que tive. A principal delas foi, realmente, a minha primeira professora, que tinha esse nome e que era uma moça muito jovem, muito poderosa e muito maluquinha. Ela já morreu há muitos anos.

O filme, como o livro, traz um encantamento com a escola. Hoje as crianças têm muita informação e acesso a vários meios de comunicação, além da sala de aula. Como despertar nelas o interesse pela escola?

- Não há necessidade de despertar o interesse das crianças pela escola. Este é um desejo universal da criança: ir para a escola. É claro que tem muitas exceções, mas a regra geral é que a criança sonhe com a escola. O importante é que a escola esteja preparada para ser o segundo lar da criança. A educação infantil tem que ser acompanhada de afeto. Não existe educação sem afeição, sem carinho. Por este motivo é que implico com a professora que não gosta de ser chamada de tia ou por qualquer outro tratamento mais afetuoso, como profe, por exemplo. São moças que não sabem se fazer amar.

E como despertar o interesse pela leitura?

- Pais e mães têm que ler para os seus filhos, têm que ler com eles, para criar a boa possibilidade de a criança se interessar pelas histórias contadas através do livro. Toda criança saudável é curiosa. Fazer o livro circular livremente dentro de casa é um bom estímulo para a curiosidade infantil. Se você percebe que seu filho é desinteressado pelas coisas que o cercam, prefere comprar feito do que inventar, faz poucas perguntas interessantes… comece a contar histórias para ele.

Depois de tantos sucessos, o que acha que ainda falta realizar?

- Eu acho que quem está acostumado a ficar inventando moda, nunca vai parar de inventar. Ainda tenho muito livro pra fazer…

Um dos maiores nomes da literatura infantil brasileira, Ziraldo começou sua carreira nos anos 50, em jornais e revistas como Jornal do Brasil, O Cruzeiro e Folha de Minas. Além de escritor, é pintor, cartazista, jornalista, teatrólogo, chargista e caricaturista. Ziraldo explodiu nos anos 60 com a revista em quadrinhos A Turma do Pererê. Em 1969, fundou com outros humoristas o jornal O Pasquim, que fez História e até hoje tem legião de fãs. Seus quadrinhos para adultos, especialmente Supermãe e Mineirinho – O Comequieto, fizeram grande sucesso.Também em 1969 publicou o seu primeiro livro infantil, Flicts, que conquistou fãs em todo o mundo. A partir de 1979, concentrou-se na produção de livros para crianças e em 1980 lançou O Menino Maluquinho, um dos maiores fenômenos editoriais do Brasil. O livro já foi adaptado para teatro, quadrinhos, ópera infantil, videogame, Internet e cinema. Seus trabalhos já foram traduzidos para vários idiomas, como inglês, espanhol, alemão, francês, italiano e basco.

3 comentários
  1. Zeca Rocêro

    Ziraldo tocou no ponto chave, o professor tem que ser afetivo com seu aluno, e conseguirá dele muito mais avanços que o professor apenas “técnico”. Há que se parar de querer fazer das crianças “bons profissionais” e fazê-las boas pessoas, crianças e adultos felizes. Como foi o Menino Maluquinho !

  2. Ana

    O Ziraldo é demais! mestre sempre! e esse filme tem jeito mineiro de ser bem legal. quero ver! beijos pra todos

  3. Marcio Alves Pinto

    sou e sempre fui fã do ziraldo e acho até que somos parentes porque meus pais eram mineiros de patos felicidades e sucessos nos seu trabalhos***

Deixe seu Comentário: